Roteiros

BOIA CROSS

Boia cross, é uma das principais atividades no PETAR, conhecida como acqua ride o boia cross é uma câmara de ar amarrada e utilizada para descerem o rio. Hoje considerado um esporte para quem busca adrenalina e aventura em meio à natureza. Os visitantes, conta com total segurança e apoio dos instrutores do boia cross. O percurso com duração de 1h30 com belas corredeiras e rios de água cristalina.

CACHOEIRA SEM FIM

Com localização próxima ao PETAR, as cachoeiras encontra se propriedade particular, junto ao bairro Serra de Iporanga. Com um complexo de três cachoeiras pequenas com piscinas naturais ótimas para um banho e relaxamento em contato com a natureza.

CACHOEIRA DA ARAPONGA

Está Localizada na Rodovia SP – 000 Apiai – Iporanga, seu acesso é através de uma trilha de 1 km ate a cachoeira, com queda de 60 metros de altura. A cachoeira da Araponga é considerada a maior da região do PETAR. Formada com uma bela queda é ótima para um delicioso banho de cachoeira.

PARQUE NATURAL MORRO DO OURO

O Morro do Ouro, conhecido pela grande exploração aurífera no inicio do século XVII. Com a chegada dos bandeirantes, fundaram a primeira Vila de Apiahy, dando inicio a cidade.

Logo, em 1920 uma empresa de mineração particular adquiriu boa porção de terras do Morro do Ouro para a exploração aurífera. Já 1939 o Grupo Japonese iniciou sua exploração do Ouro, com a chegada da 2 Guerra Mundial o grupo deixou a exploração, por conta de o Brasil ser o seu inimigo.

No dia 28 de maio de 1998 a antiga exploração aurífera, torna se local de utilidade publica e a partir de Janeiro de 2004, é decretada Unidade de Conservação, através do Decreto Municipal n 003 28 de Janeiro de 2004.

O local hoje conta com o (CIT – Centro de Informação Turística) e conta com uma infraestrutura ao visitante com belas trilhas no meio da Mata Atlântica e antigos matérias da exploração aurífera.

Hoje, o Parque Natural Municipal Morro do Ouro, conta com uma área de 540 hectares de terra, onde estão preservadas as principais nascentes de água que abastecem toda a cidade de Apiaí.

As visitas no parque são Auto Guiada, mais para a sua segurança a Primata Aventura oferece seus serviços com toda estrutura com seus monitores locais.

NÚCLEO SANTANA

O núcleo Santana é o mais visitado do Parque PETAR, com belas paisagens de montanhas, trilha, cavernas e piscina naturais. O núcleo do Santana, conta com toda infraestrutura turística ao visitante. O núcleo do Santana, conta com o Centro de Educação Ambiental e um museu temático com toda a riqueza do parque e costumes tradicionais da região do vale do ribeira.

  • Cachoeira do Couto: Com queda de 6 metros de altura, a cachoeira do couto esta inserida dentro do núcleo Santana é de fácil acesso com bela queda e beleza natural, ótima para banho e lindas fotografias.
  • Caverna Santana: A Caverna de Santana é umas das cavernas mais ornamentadas do Estado de São Paulo, com extensão total de 11 km. A caverna conta apenas com 800 metros de visitação turística. Possui uma riqueza enorme de formações químicas em estalactites, estalagmites, colunas, cortinas e travertinos. Seu acesso conta se com estrutura de pontes e escadas. A caverna Santana é a mais visitada e conta com algumas formações curiosas como o salão da Fafá, Pata do Elefante entre outros.
  • Caverna do Morro Preto: Um dos principais atrativos do PETAR, esta integrada junto ao núcleo Santana, a caverna possui um pórtico de entrada com 25 metros de altura. A caverna é possível ainda observar pequenos vestígios de antigos povos primitivos do passado. Dentro da caverna é possível observar sua grande coluna central e feixes de luz do meio externo penetrando dentro dela é ótima para os amantes da fotografia.
  • Caverna do Couto: Com extensão de 420 metros de visitação turística, a caverna possui uma característica diferente de outra. Onde o visitante entra e sai por outra saída atrás de uma enorme montanha ao fundo de um pequeno vale.
  • Trilha do Betari: A trilha do Betari, é uma das trilhas mais belas, onde o visitante percorre trechos calçados de pedra margeando o rio, com direito a varias passagens dentro do rio em meio a mata atlântica preservada. É o principal acesso as cavernas Água Suja, Caverna Cafezal e Cachoeiras Andorinha e Beija Flor.
  • Caverna Água Suja: Com distancia de 1.200 metros do quiosques do núcleo Santana, seu único acesso é a trilha do Betari. A caverna Água Suja é uma das mais frequentadas todo seu acesso é feita pelo rio da caverna. Um ótimo passeio com muita aventura e adrenalina.
  • Caverna Cafezal: Com a continuação da Trilha do Betari e Caverna Água Suja. O Cafezal, conta com pequenas formações excêntricas e abertas a visitação turístico como a Flor de Aragonita.
  • Cachoeira Andorinha: Está localizada 3,5 km do centro de partida (quiosque) com a bela Trilha do Betari, o visitante conta um visual deslumbrante da cachoeira. Devido alta quantidade de água, a cachoeira não é permitida se banhar debaixo dela.
  • Cachoeira Beija Flor: A cachoeira está bem próxima à cachoeira Andorinha, com apenas 50 metros de distancia o visitante chega ao final de seu percurso. A cachoeira forma-se um belo e magnifico poço de águas cristalinas.
  • Centro de Educação Ambiental: Conta com um museu e materiais da antiga pesquisas espeleológica do PETAR. O visitante tem acesso aos paneis temáticos com toda historia local e ambiental.
  • Mirante do Betari: Localizado a 100 metros da portaria do Núcleo Santana, o visual é fantástico podendo observar todo o vale com paredões de calcário.

NÚCLEO OURO GROSSO

O núcleo Ouro Grosso, está localizado junto ao bairro Serra de Iporanga. O núcleo conta com a Casa do Ouro Grosso que é destinada a alunos de pesquisas e estudantes do meio acadêmico. O ambiente conta com belas paisagens locais e cultural como a Casa da Farinha, Engenho de Cana e as Cavernas Ouro Grosso e Alambari de baixo.

  • Caverna Ouro Grosso: Seu acesso é feita pela Trilha da Figueira, que percorre 200 metros em meio a floresta preservada. O visitante poderá fazer a trilha e passar por dentro de uma enorme Figueira até a caverna Ouro Grosso. A caverna é uns dos principais atrativos do PETAR e radical e conta com uma fantástica cachoeira em seu final de percurso proporcionando um belo banho de cachoeira subterrânea.
  • Caverna Alambari de Baixo: Com partida da Casa do Ouro Grosso, o visitante terá que percorrer 1,500 metros até a Caverna. É considerado um roteiro radical no PETAR, sua travessia conta com água até o pescoço. Seu portal condiciona belas fotografias.

NÚCLEO CASA DE PEDRA

Seu principal acesso é feita pelo Município de Iporanga sentido ao bairro Ribeirão. A Caverna Ouro Grosso é considerada o Maior Pórtico de Caverna do Mundo, e está registrado junto ao Livro dos Recordes com 215 metros de altura. O visitante para chegar nela conta com uma trilha exuberante de lindas florestas preservada. A trilha possui dificuldade média, e são 5 km ate o magnifico pórtico da caverna. A caverna encontra se o acesso ao interior restrita.

NÚCLEO CABOCLOS

O núcleo do caboclo é o núcleo mais hostil e selvagem do PETAR, está localizado há 27 km do Município de Apiaí na Rodovia SP -250 km 294. O núcleo do caboclo oferece ao visitante área de camping e belíssimas trilhas em meio à floresta preservada.

  • Trilha da Caverna Chapéu: Localizada junta ao camping, a trilha do complexo chapéu, leva ao visitante trilhar e conhecer quatro belas cavernas em seu caminho tais como Chapéu Mirim I e II, Caverna das Aranhas e Gruta do Chapéu. Com percurso de 500 metros. São pequenas cavidades com suas belezas. A Caverna das Aranhas, possui uma riquíssima Biologia Subterrânea onde encontra–se uma variedade de opiliões (terceira ordem dos aracnídeos).
  • Caverna Teminina: É considerada a mais bela do PETAR, possui enormes salões com desmoronamentos e com características próprias como o chuveiro natural. Com trilha em meio a floresta atlântica o visitante percorre cerca de 2h horas até a Caverna Teminina I e II; com dificuldade média.
  • Cachoeira Maximiliano e Sete Reis: Estão localizadas a 7 km de distância do Camping, o visitante percorre a trilha fechada em floresta, margeando o Rio Maximiliano. A primeira cachoeira é a Maximiliano com queda entre 5 metros de altura. A cachoeira Sete Reis, encontra – se há 500 metros de distancia e é formada uma magnifica queda com seus 12 metros de altura. Dificuldade média (7 km de trilha ida).
  • Pedreira Espirito Santo e Fundição de Chumbo: O visitante após conhecer pode contar com a visitação a antiga exploração de calcário e a primeira Usina de Chumbo do Brasil. Passeio obrigatório com o monitor local.